Imagem capa - Alimentação saudável para gestante por Marione Fernandes Fotografias
De conversa com a Marione

Alimentação saudável para gestante

                           



https://www.facebook.com/marionefernandesgestanteshttps://www.instagram.com/marione_fernandes_gestantes/https://www.facebook.com/marione.fernandes.5/   

    


                          


                                       



                                               Como ter uma alimentação saudável na gestação


                                                                                                                          Nutricionista Renata Saffioti 


Um olho no peixe…

Em tempos de tantos alimentos ultra-processados, aplicativos de delivery e um cotidiano atribulado para a maioria das pessoas, manter uma rotina de alimentação saudável na gravidez pode ser um enorme desafio. Mas para fugir de tantas tentações, as principais recomendações de médicos e nutricionistas são bastante conhecidas para qualquer momento da vida: preferir alimentos in natura ou minimamente processados, grãos integrais, alimentos com pouca gordura, pouco sódio e açúcar, garantindo uma riqueza de cores no prato que se traduzem naturalmente em mais nutrientes. 

“A lista inclui frutas, verduras, legumes, proteínas como carne, frango, peixe e ovos, fontes de carboidratos como arroz integral, batata, mandioca e leguminosas como feijão, grão de bico, lentilha e ervilha”.

Enumera a Nutricionista Renata Saffioti.

E se durante toda a vida uma dieta equilibrada já traz inúmeros benefícios, durante a gestação, a importância desse hábito só aumenta.

“A alimentação saudável é essencial para o correto crescimento e desenvolvimento do bebê, além de proporcionar maior qualidade de vida da mãe, que desenvolve menos riscos de diversas doenças”, explica. 


Outro no gato…

Renata também destaca que, assim como a alimentação tem uma grande participação na construção de um estilo de vida saudável, existem outros fatores que impulsionam os efeitos da dieta equilibrada, como a prática regular de exercício físico, meditação e cuidados com a saúde mental, sono adequado, controle do estresse, cuidados com a flora intestinal e hidratação completam a equação.

“Esta continua sendo a melhor forma de proporcionarmos a manutenção da saúde e a prevenção de doenças como hipertensão, diabetes e redução das chances de ganho de peso excessivo”, completa.

Ao trazer essas medidas para a rotina, além de fazer com que o melhor combustível esteja circulando por todas as suas células, você também melhora o funcionamento de todas as partes do seu corpo, exatamente como um motor de carro.

“Uma gestante saudável se blinda de problemas como ganho de peso excessivo ou insuficiente, que poderiam gerar prejuízos no crescimento e desenvolvimento do bebê. Isso também afasta as possibilidades de ocorrência da diabetes gestacional ou de diabetes após a gestação, de bebês com macrossomia (acima de 4 kg) e de que seu bebê venha a ser um adulto obeso e/ou diabético”, detalha Renata.